Justiça pode arquivar caso de acusação de abuso contra Kevin Spacey

Kevin Spacey. Foto: Wikimedia Commons

O Estado de S.Paulo informa que o homem que acusou Kevin Spacey de apalpá-lo num resort em Massachusetts em 2016 invocou seu direito de não testemunhar contra si mesmo após ser questionado pelo advogado do ator sobre mensagens de texto supostamente apagadas.

Segundo a publicação, a recusa do homem em testemunhar fez a justiça americana questionar a continuidade do caso contra o ator, duas vezes vencedor do Oscar.

A defesa de Spacey diz que o acusador tinha mensagens que inocentariam o ator, completa o Estadão.

Categorias
Gente
Pedro Zambarda de Araujo

Escritor, jornalista e blogueiro. Autor dos projetos Drops de Jogos e Geração Gamer, que cobrem jogos digitais feitos no Brasil e globalmente. Teve passagem pelo site da revista Exame e pelo site TechTudo.

Relacionado por